Coxinhas fazem campanha entre eles mesmos de boicote a filme que já não assistiriam de jeito nenhum

Do Diário de Pernambuco:

Logo após a exibição de Aquarius no Festival de Cannes, a maioria das críticas publicadas sobre o primeiro filme pernambucano a concorrer a uma Palma de Ouro foi positiva. Entre as publicações internacionais, um ou outro crítico fez alguma ressalva, mas o resultado geral aponta o filme como um dos favoritos da competição (oito concorrentes ainda serão projetados), principalmente por causa da atuação de Sonia Braga no papel da protagonista Clara. O jornal britânico Telegraph chega a mencionar a possibilidade de uma indicação ao Oscar para a atriz e diz que o filme faz o público querer morar no Brasil.

Hollywood Reporter (EUA):
“Aquarius pode desapontar aqueles que apreciam a natureza experimental de O som ao redor. Por outro lado, esse adorável drama da velha idade funciona bem como um sério e colorido estudo de personagem, mesmo que realmente não quebre nenhuma convenção cinematográfica.”

The Guardian (Inglaterra):
“Rica e misteriosa história da desintegração social brasileira. Aquarius não termina da forma esperada, e talvez nem sequer tenha realmente um final. O roteiro interrompe a revelação de uma informação que seria bombástica. Ainda assim é o retrato de uma mulher soberbamente interpretada e observada de forma densa.”

Telerama (França):
“Crônica cativante da sociedade brasileira. Em todos os planos ou quase, Sonia Braga exibe tanta coragem quanto modéstia. Uma séria candidata para o prêmio de interpretação? Sim.”

20 Minutes (França):
“Sem ofensa para Kristen Stewart e Marion Cotillard, este magnífico retrato de uma sexagenária brasileira tem grandes chances de ver sua atriz principal recompensada.”

Culture Box (França):
“Gostaríamos que o diretor destacasse ainda mais suas intenções e suas críticas. Nos limites do expressionismo, os pensamentos são destilados muito raramente e não francamente. Infelizmente muitas áreas cinzentas permancem.”

L’Express (França):
“Um formidável retrato de mulher. Um sério candidato à Palma de Ouro.”

Le Monde (França):
“Kleber Menonça Filho coloca em cena os problemas do Brasil contemporâneo com beleza e musicalidade.”

Première (França):
“Com Aquarius, o cineasta Kleber Mendonça Filho traça uma crônica da sociedade brasileira com uma maestria e uma melancolia impressionantes.”

Le Figaro (França):
“Clara, rainha do Festival de Cannes. A heroína do novo filme do brasileiro Kleber Mendonça Filho fez a Croisette dançar, rir e chorar.”

Le Quotidien (Luxemburgo):
“Sônia Braga interpreta a personagem com sobriedade e carisma, como só são capazes as grandes atrizes.”

Variety (EUA):
“Mais sutil, mas não menor maduro que O som ao redor, Aquarius é um estudo de personagem, bem como uma meditação perspicaz sobre a transitoriedade do lugar e a forma como o espaço físico define nossas identidades. Festivais clamarão, embora distribuidores infelizmente podem sentir-se cautelosos por causa da longa duração.”

Telegraph (Inglaterra):
“Aquarius vai fazer você querer morar no Brasil. Emocionante, aprofunda-se de forma tão inteligente, termina de maneira brilhante e possui o momento exato em que você enxerga Sonia Braga como indicada ao Oscar.”

Público (Portugal):
“Um filme sensualíssimo, sereno e sinistro sobre a memória ameaçada realizado por Kleber Mendonça Filho, é até agora o melhor do concurso.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s